Postagens

Todos os dias te darei graças.

"Todos os dias te darei graças e sempre te louvarei." (Sl 145.2)

A Igreja de Cristo deve guardar a algum dia semanal de descanso religioso? Caso positivo, deve ser o sábado ou o domingo?
Não tenho nenhuma pretensão de que este breve artigo posso esgotar esta questão teológica, mas, vejamos os pontos a seguir:

1) Certa vez, estudando a lição da escola bíblica dominical (Lição nº 11 do 4º Trimestre de 2011, ponto 3 do tópico III - CPAD)*, com o título “O dia de adoração e serviço a Deus”, fui surpreendido com colocação do comentarista: “Então, porque guardamos o domingo?”. Fiquei admirado, pois, eu mesmo nem sabia que “guardava o domingo” (sendo assembleiano desde minha conversão, 1993, nunca recebi tal ensino)! E mais surpreso ainda, pelo comentário de nº 3, da nota de rodapé da minha Bíblia de Estudo Pentecostal (CPAD), página 1410, referente a passagem de Mateus 12.1, dizendo: “…o dia de adoração (o domingo) é um sinal de que este [o povo de Deus] pertence a Cristo.” Ou sej…
Imagem
Uma sucinta reflexão sobre a visão cristã diante da realidade da morte conforme a Palavra de Deus: I Ts 4.13-18; Lucas 16.23-31; Hb 9.27; Jo 11.25,26; Rm 6.23.




"Não desejamos, no entanto, irmãos, que sejais ignorantes em relação aos que já dormem no Senhor, para que não vos entristeçais como os outros que não possuem a esperança. Porquanto, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, da mesma maneira devemos crer que Deus, por intermédio de Jesus, trará juntamente com Ele os que nele faleceram" (1 Tessalonicenses 4.13,14).

Carta aos jovens

Foi dito a vocês: “Satisfaçam seus instintos e vocês serão felizes!”
Mas, a Palavra de Deus diz: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mateus 5.8). “Deus julgará os impuros e adúlteros” (Hebreus 13.4).

Foi dito a vocês: “Ouçam música em alto volume e vocês se sentirão bem!”
Mas, a Palavra de Deus diz: “Em vos converterdes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranquilidade e na confiança, a vossa força...” (Isaías 30.15). “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração...” (Colossenses 3.15). “instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração” (Colossenses 3.16).

Foi dito a vocês: “Desliguem seu raciocínio, relaxem e não sejam críticos! Pensem positivamente e expandam sua consciência através da meditação, das drogas e de técnicas psíquicas”.
Mas, a Palavra de Deus diz: “sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem das vossas orações” (1 Pedro 4.7). “Sede só…

Quem dizeis que eu sou?

"E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas. Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus. Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. Então mandou aos seus discípulos que a ninguém dissessem que ele era Jesus o Cristo." (Mateus 16:13-20).

Após curas vários enfermos (Mt 15.30) e realizar o grande milagre da multiplicação dos pães e peixes…

Hipocrisia babilônica

Eis uma "utilidade" da novela global Babilônia (2015): revelar hipócrisia, desinformacao e alienação evangélica.

1) Como somos HIPÓCRITAS, pois, uma ruma de "crente" (que normalmente assistem todas a novelas), agora estão "revoltados" com uma cujo o título é BABILÔNIA. Como se todas as outras novelas não induzisse aos telespectadores aos mais baixos padrões de moralidade e ideologias anticristãs; Vamos nos revoltar com o mesmo ímpeto contra a fornicação, adultério, fofoca, glutonaria, dissenções, heresias, etc? ("Amém ou não amém, igreja?"). Enquanto muitos estão perdendo o tempo focados numa novela, há uma verdadeira babilônia dominando mentes e corações que acreditam estar indo para mais perto de Deus, porém, estão apenas subindo as escadas da Torre de Babel.

2) Como somos DESINFORMADOS, pois, a NATURA foi demonizada por ser patrocinadora oficial do diabo. Puro sensacionalismo do deputado Marco Feliciano, que está de chamego com a Jequiti. E o…

E o espírito natalino?

Melodias. Ceias. Presentes. Decorações. Quantos símbolos e significados! Quantas expectativas envolve o natal! Para alguns apenas um feriado introdutório às festas de final de ano formando um medley: "boas festas". Para outros, um momento especial, familiar, mas sem um sentido religioso. Apenas um evento social. Mas, há ainda um remanescente que busca o sentido do natal. Que tentam fazer um paralelo desta tradição com a narrativa bíblica registrada nos evangelhos de Mateus e Lucas.
Pode até ser que em algum momento da história o 25 de dezembro nos remetesse ao dom inefável de Deus para com os homens: Jesus. No entanto, o que a nossa geração presencia é uma miscelânea de significados e sentidos. O mais destacado é o mero comercialismo, necessário para o aquecimento econômico. Porém, inevitavelmente, promotor de uma exclusão social cada vez mais crescente no mundo. Enquanto o natal já levou boa parte de nosso 13º, muitos nem tem esse "privilégio", pois, nem uma renda…

Pano novo em roupa velha

"Ninguém prega retalho de pano novo em roupa velha; do contrário, o remendo arranca novo pedaço da veste usada e torna-se pior o rasgão." (Mc 2.21)

Refletindo sobre o significado da palavra reforma, deparei-me com um certo paradoxo. Por um lado o termo nos anima quando traz o sentido de dar uma nova forma; mudança para melhor; nova organização; restauração. Porém, é frustrante por também poder significar apenas uma reparação; conserto; correção, emenda, revisão. Sabe aquele carro velho ou aquela casa caindo aos pedaços? O que você faz? Chama um restaurador, um profissional que irá reformar aquele bem. Continuará o mesmo carro, a mesma casa, mas, com cara de novo.
Muito se fala sobre a necessidade de uma reforma na igreja evangélica brasileira. Será que apenas uma reforma bastaria? Vejamos: Vitaliciedade presidencial; nepotismo; personalismo; institucionalismo exacerbado; celebrações judaizantes; transferência de geração; teologia da prosperidade; politicagem; patrimonialismo…